Referência Nacional na Área Forense
ATENDIMENTO

Criminal Profiling - Psicologia Investigativa

Profiling Criminal é um dos ramos da análise psíquica e comportamental identificada como “perfilamento” e consiste num processo de análise criminológica que une as competências do investigador criminal e do especialista em comportamento humano. O principal objetivo do Profiling Criminal é a compreensão de padrões psicológicos e comportamentais, com o intuito de contribuir com investigações por meio de tipologias e de probabilidades de predição comportamental.

Sobre o curso

Presencial ou totalmente Online.
CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO
LATO SENSU EM CRIMINAL PROFILING - PSICOLOGIA INVESTIGATIVA

Agora você pode realizar este curso de acordo com seu interesse e possibilidade: através de aulas presenciais na sede da FVM ou totalmente online, através de videoconferências e acesso aos materiais de aula digitalizados.




A FVM é pioneira na educação em Ciências Forenses (Grande Área Forense) no Brasil. Por mais de 15 anos, atuou através da marca IPEBJ, se tornando referência nacional e internacional na Grande Área Forense. Sempre de forma inovadora, trabalha continuamente pelos elevados padrões acadêmicos e profissionais para que haja união harmônica entre a Ciência e a Justiça.




Profiling Criminal é um dos ramos da análise psíquica e comportamental identificada como “perfilamento” e consiste num processo de análise criminológica que une as competências do investigador criminal e do especialista em comportamento humano.

O principal objetivo do Profiling Criminal é a compreensão de padrões psicológicos e comportamentais, com o intuito de contribuir com investigações por meio de tipologias e de probabilidades de predição comportamental.

O Profiling Criminal (que pode ser traduzido como “perfilamento criminal”) consiste em um processo de análise criminológica que une as competências do investigador criminal e do especialista em comportamento humano. Imagine um caso de morte duvidosa, onde não se sabe de imediato se o óbito se originou a partir de um suicídio, um acidente ou um homicídio. A partir de um levantamento minucioso e metódico, o “profiler” é chamado a resolver questões contextuais, geográficas e psico-comportamentais, ajudando na solução dos fatos.

Pioneiro no Brasil, desde 2013, este curso da FVM  explora técnicas de investigação criminal para definição do retrato psicológico e perfil criminal, especialmente demonstrado no seriado mundialmente conhecido, "Criminal Minds", além de outros como “Mindhunter”, “Profiler”, “The X Files” (“Arquivos X”) e “Hannibal”.

Você aprenderá como analisar os motivos e as intenções dos criminosos, observando minuciosamente todos os vestígios psicológicos por eles deixados no local do crime. Hoje em dia, as agências policiais internacionais confiam, cada vez mais, no trabalho dos peritos forenses para conduzir os seus processos de investigação. Esta procura deve-se ao aumento significativo e constante das psicoses e psicopatologias, em que o agente policial, ao realizar o perfil do ofensor, procura combater o crime através de uma nova perspectiva.

Durante o curso são abordados temas como a análise de cena de crime, o "modus operandi", a assinatura do ofensor, o perfil geográfico, a vitimologia, entre outros.

Objetivos:
Este curso tem como objetivo a formação interdisciplinar de especialistas em Profiling Criminal, proporcionando competências e habilidades especialmente voltadas para pesquisa e prática na área, entre as quais:
- Liderança na organização de investigações criminais, direcionando corretamente as equipes na confecção de estratégias e distribuição de tarefas, potencializando a solução de casos;
- Capacidade de solucionar mortes duvidosas, utilizando os métodos aprendidos durante o programa, aplicando métodos rigorosamente científicos e aprendendo a justificar e defender conclusões bem fundamentadas;
- Compreensão do crime e da investigação policial, adquirindo a novas técnicas utilizadas pela Psicologia Investigativa para análise do comportamento criminal e da cena do crime;
- Visão holística do Profiling Criminal, com capacidade de inter-relacionar conhecimentos de diversas áreas envolvidas na pesquisa e na prática forenses, por meio de abordagem interdisciplinar;
- Capacidade de interação com outros profissionais em áreas diversas, otimizando tempo e resultados em investigações, perícias e solução de litígios;
- Prática do ensino e da pesquisa em Profiling Criminal;
- Elaboração e análise de documentos forenses.

Para quem se destina?
Graduados em nível superior (em qualquer área do conhecimento) que desejam agregar nas suas carreira os conhecimentos em Profiling Criminal a fim de ampliar suas perspectivas profissionais, bem como aqueles que buscam desenvolver uma nova carreira profissional.

Tem como pré-requisito a comprovação, pelo participante, de conclusão de curso superior de graduação, com diploma devidamente registrado junto ao MEC ou mediante comprovante de conclusão de curso de graduação emitido por instituição de ensino superior.

*A FVM reserva-se no direito de não iniciar a turma caso o número mínimo de alunos não seja atingido. Neste caso, o valor da primeira parcela (matrícula) paga será devolvido integralmente. 



 
FVM é Referência Nacional
Pioneirismo e mais de 15 anos na Área Forense
Especialização Lato Sensu
Curso Certificado MEC
Atividades
Aulas Teóricas, Atividades Práticas, Demonstrações, Simulações, Visitas Técnicas, Análise de Casos, entre outras.
Duração: 18 Meses
Aulas uma vez ao mês, às sextas-feiras das 19h às 23h e aos sábados das 9h às 18h. Todo 2º final de semana do mês.
Encontros
Opção A:
12 Encontros por Videoconferências (EAD Live) + 6 Encontros na sede da FVM, localizado em Ribeirão Preto - SP.

Opção B:
Caso você opte por não participar dos Encontros na sede da FVM terá 12 Encontros por Videoconferências (EAD Live) e receberá material complementar dos outros 6 encontros para efetuar seus estudos e cumprimento dos módulos.
Carga Horária
520 horas




 

Trabalho e Carreira

As oportunidades de trabalho e carreira na área do Profiling Criminal são amplas e diversificadas, uma vez que a interdisciplinaridade do programa capacita o participante para atuação nos mais variados setores relacionados. Exemplos de atuação:
- Consultoria e assessoria sobre Profiling Criminal para investigadores, policiais, delegados, juristas, bem como para escritores, ghostwriters, roteiristas e diretores de filmes e novelas;
- Atuação em equipes internacionais de combate ao crime, sendo cada vez mais valorizado o conhecimento em Profiling Criminal com domínio do idioma português;
- Desenvolvimento de pesquisas científicas a fim de contribuir para o avanço do conhecimento na área;
- Docência em cursos de diversos níveis acadêmicos;
- Consultoria empresarial, inclusive em empresas de segurança.





 

Conteúdo Programático

TÓPICOS
Introdução ao Criminal Profiling: Traçando o Perfil Criminal
Criminologia
Criminologia Forense
Teorias do Crime
Medicina Legal
Psicologia Jurídica
Psicologia Investigativa e Profiling Geográfico
Teorias e Técnicas do FBI
Análise de Evidências Comportamentais
Comportamento Comunicativo: análise e estratégia de uso
Neurociência e Comportamento Criminal
Metodologia Científica
Linguística e Fonoaudiologia Forense
Técnicas de Entrevista com Testemunha, Vítima e Suspeito
Vitimologia
Psiquiatria Forense, Psicopatologia Clínica e Criminalidade
Negociação e Gerenciamento de Crise
Criminalística e Levantamento de Local de Crime
Didática do Ensino Superior
Profiling em Roubo, Arrombamento, Incêndio e Sequestro
Profiling em Homicídio e Serial Killers
Profiling em Crimes Sexuais
Autópsia Psicológica
Aplicação do Criminal Profiling na Investigação Criminal

DIFERENCIAIS:
Atividades Práticas, Demonstrações, Simulações, Visitas Técnicas, Análise de Casos, entre outras.

CARGA HORÁRIA TOTAL: 520 horas
Estágio e TFC (trabalho final de curso) são optativos.



 

Aprenda com os melhores professores

Coordenadores

Adilson Pereira

Físico graduado na UNISA (Universidade de Santo Amaro – São Paulo). Perito Criminal desde 1987. Perito Criminal Classe Especial. Assessor Técnico da Diretoria Geral do Instituto de Criminalística de São Paulo (2000-2004 e de 2015 até hoje). Atuou em locais de crime por 14 anos. 7 ANOS - Diretor do Núcleo de Física do Instituto de Criminalística da Superintendência da Polícia Técnico Científica de São Paulo. 1 ANO - Diretor Geral dos Núcleos laboratoriais da Polícia Técnico-Científica de São Paulo; 2 ANOS - Diretor Geral do Instituto de Criminalística do Estado de São Paulo. Professor da Academia de Polícia de São Paulo/SP desde 2001 – Área Criminalística. Coordenador e Docente no IPEBJ. Professor de pós-graduação em Ciências Forenses nas seguintes instituições: Instituto Português de Psicologia e Outras Ciências, Porto/Portugal. IPEBJ - Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos de Ribeirão Preto/SP desde 2010. UniFMU – Unidade Santo Amaro – São Paulo – Capital, desde 2013. Atua nas seguintes áreas da perícia e ensino (teoria e prática):Criminalística; Balística Forense; Física Forense. Levantamento Técnico de Local de Crime; Perícias em Acidentes de Trânsito; Noções e Perícias em explosivos; Análises e Coleta de Manchas e Impressões em Locais de Crimes. Especialização em Investigação Técnico Científica de Cenas de Crime em Geral (2009) e em Cenas de Crimes de Homicídio em 2011, CSI (Crime Scene Investigator) pelo Lake Tecnical Center, Institute of Public Safety, Florida, USA. Agraciado com as seguintes medalhas: Medalha do Mérito Técnico Cientifico “Governador Mario Covas” pelos trabalhos técnicos realizados na Polícia Cientifica de São Paulo; Medalha 9 de Julho outorgado por serviços prestados a cultura, serviços humanitários, trabalhos sociais, a arte em geral e à Democracia e ao Estado de São Paulo; Medalha Constitucionalista serviços relevantes prestados à São Paulo e ao culto aos ideais cívicos e patrióticos atrelados ao movimento da Revolução Constitucionalista de 1932; Medalha de bronze da Academia de Polícia do Estado de São Paulo, pelos 10 anos de trabalho acadêmico (bronze 10 anos, prata 20 anos e ouro 30 anos); Medalha do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo pelo apoio técnico científico à corporação. 

Gustavo D'Andrea

Advogado. Doutor em Ciências Enfermagem Psiquiátrica, EERP-USP). Mestre em Ciências (Psicologia, FFCLRP-USP). Graduado em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade de Ribeirão Preto. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem, Saúde Global, Direito e Desenvolvimento (GEPESADES). Coordenador Acadêmico e docente do IPEBJ/ FVM - Faculdade Volpe Miele. Editor dos livros com selo editorial Volpe Miele.

Jeniffer Sati Pereira

Bióloga. Doutora em Ciências Biológicas (Biologia Vegetal), Mestre em Aquicultura e Pesca. FORMAÇÃO: Programa de Pós-graduação stricto sensu em Ciência Biológicas: Biologia Vegetal: UNESP – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” campus Rio Claro curso de doutorado. Tese defendida em 01 de Julho de 2013. Título da tese: Estrutura e dinâmica da comunidade Fitoplanctônica no período de cinco anos em ambiente oligo-mesotrófico (Lago das Ninfeias), Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, São Paulo. 2006 – 2008: Programa de Pós-graduação stricto sensu em Aqüicultura e Pesca – Instituto de Pesca São Paulo – SP Mestre em Aqüicultura e Pesca Dissertação defendida em 11 de Julho de 2008. Título da dissertação: Avaliação do impacto do efluente de piscicultura sobre o corpo receptor. 2002 – 2006: Universidade Presbiteriana Mackenzie. São Paulo - SP Bacharel em Ciências: Universidade Presbiteriana Mackenzie. São Paulo - SP Licenciado em Ciências. Diplomada. ÁREA DE ATUAÇÃO Limnologia, Comunidade Fitoplanctônica, Diversidade Alfa, Beta e Gama (índices biológicos), Aquicultura, Biologia Vegetal. ATIVIDADE PROFISSIONAL/ COORDENAÇÃO E DOCÊNCIA: Coordenadora do Laboratório de Ecologia Aquática do Núcleo de Pesquisa em Ecologia do Instituto de Botânica, São Paulo – SP- Brasil, carga horária de 20h mensais: monitora na disciplina “Ambientes aquáticos continentais” no curso de PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE VEGETAL E MEIO AMBIENTE DO INSTITUTO DE BOTÂNICA, São Paulo- SP- Brasil, carga horária: 90 horas: monitora na disciplina “Ecossistemas aquáticos continentais: caracterização física e química da água (IPP 005)” no curso de PÓS-GRADUAÇÃO EM AQÜICULTURA E PESCA DO INSTITUTO DE PESCA, São Paulo- SP – Brasil. Carga horária: 60 horas. Professora de Japonês da Aliança Cultural Brasil Japão.

Margaret Mitiko Inada Pereira

Perita Criminal Classe Especial. Biomédica com Especialização nível Pós-graduação em Biologia Molecular aplicada às área humana, animal e vegetal. Perita Criminal desde 1988, sendo que exerceu a função como perita de campo (local de crime) na cidade de Itanhaém e da Equipe de Perícias Criminalísticas CENTRO da capital/SP. Em 2001 passou a fazer parte da equipe de peritos do laboratório de DNA do Núcleo de Biologia e Bioquímica, realizando especificamente confronto de DNA genômico para pesquisa de ocorrência de vínculo genético na área criminal. Especialista em Investigação Técnico Científica da Cena de Crime – CSI (Crime Scene Investigator) – especialização em homicídio (2011) pelo Lake Tecnical Center, Institute of Public Safety, Florida, USA.  Participou do grupo de trabalho, na Superintendência da Polícia Técnico Científica de São Paulo, para padronização de procedimento referente a casos de violência sexual. Coordenadora e Professora de Ciências Forenses, desde 2010 (Local de Crime, DNA Forense, Biologia Forense)  no IPEBJ – Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos – Ribeirão Preto – São Paulo. Atuou nas perícias dos seguintes casos: acidente do "Airbus da Tam" no aeroporto de Congonhas/SP 2007; irmãos João Vitor e Igor dos Santos Rodrigues, homicídio, Ribeirão Pires/SP 2008; Mércia Nakashima, homicídio, Guarulhos/SP 2010; crianças Nicole Mayra da Silva Nogueira e Maiara Natalie da Silva Homicídio, Sorocaba/SP, 2011; Vitor Gurman, atropelamento fatal, Land Rover, Zona Oeste, Capital /SP, 2011; Bianca Consoli, homicídio, Zona Leste, Capital/SP, 2001. Homenagem e Reconhecimento do Sistema FIESP pelos Serviços Prestados quando do acidente do Voo 3054 Airbus da TAM. Prêmio Polícia Cidadã do Instituto Sou da Paz – Ação Vencedora: O Exame de DNA como Ferramenta na Elucidação de Crimes e na Identificação de Pessoas. Prêmio Top Gun – CSI Homicide – Orlando USA - 2011.  Agraciada com a medalha do Mérito Técnico Científico "Governador Mário Covas" pelos trabalhos técnicos realizados na Polícia Científica de São Paulo.   

Tânia Mara Volpe Miele

Diretora da FVM - Faculdade Volpe Miele. Sócia fundadora e diretora do IPEBJ - Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos, editor responsável pela revista científica eletrônica Brazilian Journal of Forensic Sciences, Medical Law and Bioethics e editor de livro com sele Volpe Miele. Especialização em Bioéitca pela Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil. Bacharel em Ciências Biológicas Modalidade Médica pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras Barão de Mauá (1980) com habilitação em Patologia Clínica e Análises Clínicas. Advogada. Possui graduação em Direito pela Universidade de Ribeirão Preto, SP (1997) com habilitação em Direito Privado. Pós graduação em Direito Médico, Odontológico e da Saúde; Pós graduação em Ciências Forenses;  Pós graduação em Criminologia, Pós graduação em Psicologia Jurídica e Pós graduação em Criminal Profiling.  Coordenadora de extensão e pós graduação do IPEBJ. Idealizadora e coordenadora do FSI Brasil - Forensic Science Investigation - Unidade Privada de Estudo, Pesquisa e Extensão Investigativa na área Forense. Presidente Fundadora da International Academy of Forensic Investigation, Criminology and Criminal Profiling – FICC Academy
. Ex Executive Director - BioProphecy Brasil/USA. Ex Coordenadora da Comissão de Perícias Forenses da OAB/SP - Subsecção de Ribeirão Preto. Ex  Coordenadora da Comissão de Bioética, Biodireito e Biotecnologia da OAB/SP Subsecção de Ribeirão Preto. Ex-coordenadora da Comissão de Direito Médico e da Saúde da OAB/SP - Subsecção de Ribeirão Preto. Membro do Comitê de Ética em Pesquisa do Centro de Saúde Escola da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo FMRP-USP. Ex Coordenadora da Comissão Jurídica da SBIOMAC - Sociedade Biomédica de Acupuntura. Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem, Saúde Global, Direito e Desenvolvimento GEPESADES/USP. Membro da World Association for Medical Law. Membro da Sociedade Brasileira de Bioética; Membro do IBCCRIM - Instituto Brasileiro de Ciências Criminais. Membro da Associação Brasileira de Ciências Forenses. Membro da International Association of Forensic Investigators (DIAFI) México.
Membro do Instituto Mexicano de Investigación Científica y Forense.   

Professores

Adilson Pereira

Físico graduado na UNISA (Universidade de Santo Amaro – São Paulo). Perito Criminal desde 1987. Perito Criminal Classe Especial. Assessor Técnico da Diretoria Geral do Instituto de Criminalística de São Paulo (2000-2004 e de 2015 até hoje). Atuou em locais de crime por 14 anos. 7 ANOS - Diretor do Núcleo de Física do Instituto de Criminalística da Superintendência da Polícia Técnico Científica de São Paulo. 1 ANO - Diretor Geral dos Núcleos laboratoriais da Polícia Técnico-Científica de São Paulo; 2 ANOS - Diretor Geral do Instituto de Criminalística do Estado de São Paulo. Professor da Academia de Polícia de São Paulo/SP desde 2001 – Área Criminalística. Coordenador e Docente no IPEBJ. Professor de pós-graduação em Ciências Forenses nas seguintes instituições: Instituto Português de Psicologia e Outras Ciências, Porto/Portugal. IPEBJ - Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos de Ribeirão Preto/SP desde 2010. UniFMU – Unidade Santo Amaro – São Paulo – Capital, desde 2013. Atua nas seguintes áreas da perícia e ensino (teoria e prática):Criminalística; Balística Forense; Física Forense. Levantamento Técnico de Local de Crime; Perícias em Acidentes de Trânsito; Noções e Perícias em explosivos; Análises e Coleta de Manchas e Impressões em Locais de Crimes. Especialização em Investigação Técnico Científica de Cenas de Crime em Geral (2009) e em Cenas de Crimes de Homicídio em 2011, CSI (Crime Scene Investigator) pelo Lake Tecnical Center, Institute of Public Safety, Florida, USA. Agraciado com as seguintes medalhas: Medalha do Mérito Técnico Cientifico “Governador Mario Covas” pelos trabalhos técnicos realizados na Polícia Cientifica de São Paulo; Medalha 9 de Julho outorgado por serviços prestados a cultura, serviços humanitários, trabalhos sociais, a arte em geral e à Democracia e ao Estado de São Paulo; Medalha Constitucionalista serviços relevantes prestados à São Paulo e ao culto aos ideais cívicos e patrióticos atrelados ao movimento da Revolução Constitucionalista de 1932; Medalha de bronze da Academia de Polícia do Estado de São Paulo, pelos 10 anos de trabalho acadêmico (bronze 10 anos, prata 20 anos e ouro 30 anos); Medalha do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo pelo apoio técnico científico à corporação. 

Aline Lobato

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Estadual da Paraíba(1993), especialização em Especialização Em Psicologia Clínica pela Universidade Estadual da Paraíba(1994), mestrado em Investigative Psychology pela The University Of Liverpool(1998), doutorado em Investigative Psychology pela The University Of Liverpool(2003), ensino-fundamental-primeiro-graupelo Centro Educacional La Salle(1985) e ensino-medio-segundo-graupelo Centro Educacional La Salle(1988). Atualmente é professor titular da Universidade Estadual da Paraíba. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Tratamento e Prevenção Psicológica. Atuando principalmente nos seguintes temas:Criminal Behaviour, Criminal Activity, Profiling Robbers and Burglars. .

Ana Paula de Souza Velloso

      Antropóloga Forense: ABRAF (Associação Brasileira de Antropologia Forense). Perita em Antropologia Forense do GTP (Grupo de Trabalho Perus) da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República em cooperação internacional com Programa Nacional das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD – ONU). Mestrado em Ciências pelo Departamento de Patologia e Medicina Legal da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo USP (2012). Graduada em Biomedicina pelo Centro Universitário Barão de Mauá (2006). Tem experiência na área de Biomedicina, com ênfase em Patologia Clínica (Análises Clínicas). Experiência na área de Medicina Legal e Bioética, com ênfase em Antropologia Forense, Ciências forenses e Identificação Humana. Docente das disciplinas Medicina Legal e de Biodireito no curso de Bacharelado em Direito da Universidade Paulista - UNIP Campus II São José do Rio Pardo, atuando tambem no mesmo campus como Docente e Coordenadora do Curso de Bacharelado em Biomedicina. Atua como Técnica em Necrópsia no Serviço de Verificação de Óbitos (SOV) da Prefeitura de Mococa - SP. Em junho de 2012 passou a integrar o Grupo de Trabalho do Araguaia (GTA) da Comissão de Mortos e Desaparecidos Políticos do Governo Federal, ligado à Comissão da Verdade. Desenvolve trabalho de campo em escavações, para busca de ossadas de desaparecidos da Guerrilha do Araguaia (1972-1974) com o objetivo de identificação. Atuação como Perita em Antropologia Forense, nas atividades das Expedições do Grupo de Trabalho Araguaia (GTA), regulamentado pela Portaria Interministerial MJ/MD/SDH-PR nº 1.102 de 05 de junho de 2012, que tem por objetivo coordenar e executar conforme padrões de metodologia científica adequada as atividades necessárias para localização, recolhimento e devolução dos restos mortais dos desaparecidos políticos da Guerrilha do Araguaia aos seus familiares. A Participação nas atividades do Grupo de Trabalho Araguaia constitui serviço público relevante.

Denis Victor Lino de Sousa

Doutorando em Psicologia Cognitiva na Universidade Federal de Pernambuco com bolsa da CNPq, Mestre em Investigative and Forensic Psychology pela University of Liverpool, Especialista em Psicologia Jurídica e Investigação Criminal pela Faculdades Integradas de Patos (FIP), Graduado em Psicologia pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Pesquisador em Psicologia Jurídica e Investigativa com artigos publicados em revistas científicas nacionais e internacionais e trabalhos apresentados em congressos nacionais e internacionais. Autor do livro "Criminal Profiling - Perfil Criminal: Análise do Comportamento na Investigação Criminal"

Emanuele Seicenti de Brito

  Bacharel em Direito graduada pelo Centro Universitário Toledo de Araçatuba. Mestre e Doutora em Ciências pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo/Centro Colaborador da OMS para o desenvolvimento da pesquisa em enfermagem, período sanduíche na Universidade de Surrey (School of Law). Linha de pesquisa: Promoção de Saúde Mental/Estudos sobre a conduta, a ética e a produção do saber em saúde/Proteção Internacional dos Direitos Humanos/Direito à Saúde. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem, Saúde Global, Direito e Desenvolvimento.

Erikson Felipe Furtado

Erikson Felipe Furtado é professor de Psiquiatria da Infância e Adolescência, da Divisão de Psiquiatria do Departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento da FMRP (Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto) da USP (Universidade de São Paulo), Campus de Ribeirão Preto. Graduou-se em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1984), com especialização em Psiquiatria e Psicoterapia da Infância e Adolescência pelo Instituto de Psiquiatria da UFRJ (1986). Obteve seu título de doutorado na Alemanha, pela Universidade de Heidelberg (1993), com bolsa do CNPq, em Medicina na área de Psiquiatria Infanto-Juvenil, sob orientação do Prof. Dr. Martin H. Schmidt. Foi pesquisador pós-doutor do Instituto de Psiquiatria da UFRJ de 1993 a 1994, com bolsa RD do CNPq. Fez pós-doutoramento na área de Álcool e Drogas, no Central Institute of Mental Health-Mannheim, Alemanha, de 2000 a 2001, com bolsa FAPESP. É coordenador da Área de Saúde Mental e Psiquiatria da Infância e Adolescência. É pesquisador principal e coordenador do NPCP/PAIPAD - Núcleo de Pesquisa em Psiquiatria Clínica e Psicopatologia/Programa de Ações Integradas para Prevenção e Atenção ao Uso de Álcool e Drogas na Comunidade, da FMRP-USP. Com recursos da OMS desenvolveu o projeto PAI-PAD/OMS para implementação e disseminação das Intervenções Breves para álcool e drogas. Com recursos da FAPESP e CNPq desenvolveu estudos para o desenvolvimento de protocolo de intervenções breves para aplicação em gestantes. Tem linhas de pesquisa sobre os temas: exposição intra-uterina a álcool e drogas e psicopatologia do desenvolvimento, através de projetos longitudinais, envolvendo saúde mental da gestante e puérpera, e dos filhos de farmacodependentes. É professor e orientador de pós-graduação nos programas de Saúde Mental da FMRP-USP (CAPES 6) e Toxicologia da FCFRP-USP (CAPES 5), tendo concluído até o presente, três orientações de doutorado, onze orientações de mestrado, três supervisões de pós-doutorado e 20 orientações de iniciação científica, a maioria com bolsas de agências de pesquisa. Orienta atualmente, cinco alunos de doutorado, quatro alunos de mestrado e dois alunos de iniciação científica.Tem cooperação com a Organização Mundial da Saúde, com a Organização Pan-Americana da Saúde e com parcerias internacionais, nos EUA, Reino Unido e Alemanha. É membro de corpo editorial e revisor em várias revistas científicas nacionais e internacionais. É integrante da participação brasileira no programa Treatnet II da UNODC United Nations Office for Drugs and Crime. É membro convidado do GDG - Guidelines Development Group da OMS para consumo de álcool e drogas na gestação. (Texto informado pelo autor)

Fernanda Aguiar Pizeta

Psicóloga pela FFCLRP-USP, Psicóloga Judiciária do Anexo da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher do Fórum da Comarca de Ribeirão Preto - Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, Docente junto ao Curso de Psicologia da Universidade Paulista-UNIP, Pós-doutora pelo Departamento de Psicologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - USP, Doutora em Ciências pelo Departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP, Mestre em Ciências pela Universidade de São Paulo - Programa de Pós-Graduação do Departamento de Psicologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - USP e Especialista em Violência Doméstica contra Crianças e Adolescentes pela Universidade de São Paulo. Atuação, principalmente, nos seguintes temas: psicologia jurídica, saúde mental, desenvolvimento infantil, psicodinamismos familiares.

Fernanda De Vargas

Doutora pelo Programa de Pós Graduação em Ciências Criminais da PUCRS, orientanda do professor Dr. Gabriel José Chittó Gauer. Bolsista CAPES. orcid.org/0000-0003-4984-3503. Mestre em Psicologia com ênfase em Psicologia da Saúde, pela Universidade Federal de Santa Maria - UFSM. Possui graduação em Psicologia pelo Centro Universitário Franciscano - UNIFRA (2010) e Especialização em Psicologia, ênfase em Saúde Comunitária pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS (2012). Atua como colaboradora no Grupo de Pesquisa: Pesquisa e Avaliação em Alterações da Cognição Social (PAACS) sob Coordenação do Professor Dr. Silvio José Lemos Vasconcellos da UFSM. Concluiu o Programa Especial de Graduação em Formação de Professores para a Educação Profissional (PEG) pela UFSM, sendo assim, Licenciada em Psicologia (2014). Possui experiência profissional principalmente em temáticas como: violência, situações de vulnerabilidade, adolescência, tendo também realizado pesquisas sobre estes temas. Atualmente pesquisa temas como: neurociência, expressões faciais, alterações da cognição social, psicopatia, contextos carcerários e Medidas Socioeducativas. (Texto informado pelo autor)

Fernando de Jesus Souza

Habilitação Básica em Química, Bacharel em Ciências Contábeis e Psicólogo. Perito Criminal Federal - Classe Especial Área Contábil (Aposentado). Ex-Coordenador de Ensino e Coordenador de Altos Estudos de Segurança Pública da Academia Nacional de Polícia. Pós-graduado em Auditoria Contábil, Inteligência Estratégica, Gerenciamento de Projetos pela FGV/Brasília e em Gerenciamento Estratégico pela Universidade da Califórnia do Sul. Cursos de investigação pelo Drug Enforcement Administration, FBI, ILEA, CICAD/OEA e EUROPOL. MBA em Gestão Empresarial pela FGV/ESUP-Goiânia. Doutor (com louvor) em Psicologia Social e Básica pela Universidade de Santiago de Compostela – Espanha. Bolsista do Governo Britânico, estágio de Pós-doutorado na Universidade de Liverpool – Inglaterra. Pós-doutor em Ciências Jurídicas e Garantias Constitucionais pela Universidad Nacional de La Matanza (Argentina).  Palestrante, escritor, possui dez publicações, tem artigos publicados em congressos, encontros e revistas técnicas. Possui curso de Investigação de Tráfico de Pessoas pela Internacional Law Enforcement Academy – ILEA foi colaborador na formulação da Política Nacional sobre Tráfico de Seres Humanos e do Manual de Tráfico de Pessoas para Fins de Exploração Sexual da OIT/ONU.

Gilvan Silva Ferreira

Bacharel em Direito e Psicólogo. Especialização em Metodologia do Ensino Superior. Inspetor de Polícia, lotado na Divisão de Homicídios do Rio de Janeiro (desde 1996). Atua no Serviço de Estudos Comportamentais da Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Rio de Janeiro e é um dos responsáveis por interrogatórios de vítimas, testemunhas e criminosos. Formado em Interrogatório pelo FBI. Palestrante e Instrutor de cursos de formação de Inspetor de Polícia Civil, Investigador Policial, Perito Criminal, Perito Legista, Auxiliar de Necropsia, Oficial de Cartório, Piloto Policial, Delegado de Polícia, Papiloscopista, Curso Superior de Polícia Integrado, Formação de Instrutores de Armamento e Tiro, Analistas da Seção de Inteligência Policial (SIP) - I CAPIP/ SIP Básico, Formalização dos atos de pol. Judiciária; Segurança de Dignitários; CEGECOM, Curso de Especialização e Gestão para Comissários de Polícia  – ACADEPOL – 2009 - 2017. Instrutor para o Curso de Perícias do Exército Brasileiro - EB - 2014 - 2016. Docente convidado do IPEBJ.        

Gustavo D'Andrea

Advogado. Doutor em Ciências Enfermagem Psiquiátrica, EERP-USP). Mestre em Ciências (Psicologia, FFCLRP-USP). Graduado em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade de Ribeirão Preto. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem, Saúde Global, Direito e Desenvolvimento (GEPESADES). Coordenador Acadêmico e docente do IPEBJ/ FVM - Faculdade Volpe Miele. Editor dos livros com selo editorial Volpe Miele.

Isamara Geandra Cavalcanti Caputo

Cirurgiã-Dentista, graduada em Odontologia pela Universidade de Ribeirão Preto - UNAERP (1995). Especialista em Odontologia Legal e Deontologia pela FOP/UNICAMP (2007), Mestre em Odontologia Legal e Deontologia pela FOP/UNICAMP (2009). Doutora em Clínica Médica pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - FMRP-USP (2014); Professora do Curso Atualização em Cirurgia Buco-Maxilo-Facial, e dos cursos de especialização em Ortodontia, Endodontia, Dentística, Implatodontia na Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas seccional de Ribeirão Preto ministrando aulas de Odontologia Legal, Ética, Legislação e Metodologia. Professora dos cursos de especialização em Direito Médico e da Saúde e Ciências Forenses do Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos - IPEBJ. Coordenadora do Curso de Ciências Forenses do Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos - IPEBJ. Perita Colaboradora do Centro de Medicina Legal da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (CEMEL). Diretora do Departamento de Odontologia Legal (DOL/APCD-RP) da Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, seccional Ribeirão Preto. Tem experiência na área de Odontologia, com ênfase em Odontologia Legal e Deontologia, atua como perita "ad hoc" e assistente técnica na área de odontologia.

Jafesson dos Anjos do Amor

Graduado em Medicina pela Universidade Federal da Bahia em 1995. Residência em Psiquiatria pelo Hospital Das Clínicas de Ribeirão Preto e Faculdade de Medicina Da Universidade de São Paulo em janeiro de 1999. Especialista em Psiquiatria pela Associação Médica Brasileira e Associação Brasileira de Psiquiatria em 1999 e em Psiquiatria Forense em 2004. MBA em Gestão de Saúde pela Fundação Getúlio Vargas em abril de 2001. Psiquiatra Forense credenciado pela Direção Regional De Saúde XIII Ribeirão Preto desde outubro 1998. Psiquiatra Forense credenciado pela Justiça Federal de Ribeirão Preto desde 2000. Médico Psiquiatra do Hospital Santa Tereza de Ribeirão Preto desde setembro 1999 e desde junho de 2015 como Diretor Técnico do Hospital. Professor convidado do IPEBJ desde 2008.

Jeniffer Sati Pereira

Bióloga. Doutora em Ciências Biológicas (Biologia Vegetal), Mestre em Aquicultura e Pesca. FORMAÇÃO: Programa de Pós-graduação stricto sensu em Ciência Biológicas: Biologia Vegetal: UNESP – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” campus Rio Claro curso de doutorado. Tese defendida em 01 de Julho de 2013. Título da tese: Estrutura e dinâmica da comunidade Fitoplanctônica no período de cinco anos em ambiente oligo-mesotrófico (Lago das Ninfeias), Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, São Paulo. 2006 – 2008: Programa de Pós-graduação stricto sensu em Aqüicultura e Pesca – Instituto de Pesca São Paulo – SP Mestre em Aqüicultura e Pesca Dissertação defendida em 11 de Julho de 2008. Título da dissertação: Avaliação do impacto do efluente de piscicultura sobre o corpo receptor. 2002 – 2006: Universidade Presbiteriana Mackenzie. São Paulo - SP Bacharel em Ciências: Universidade Presbiteriana Mackenzie. São Paulo - SP Licenciado em Ciências. Diplomada. ÁREA DE ATUAÇÃO Limnologia, Comunidade Fitoplanctônica, Diversidade Alfa, Beta e Gama (índices biológicos), Aquicultura, Biologia Vegetal. ATIVIDADE PROFISSIONAL/ COORDENAÇÃO E DOCÊNCIA: Coordenadora do Laboratório de Ecologia Aquática do Núcleo de Pesquisa em Ecologia do Instituto de Botânica, São Paulo – SP- Brasil, carga horária de 20h mensais: monitora na disciplina “Ambientes aquáticos continentais” no curso de PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE VEGETAL E MEIO AMBIENTE DO INSTITUTO DE BOTÂNICA, São Paulo- SP- Brasil, carga horária: 90 horas: monitora na disciplina “Ecossistemas aquáticos continentais: caracterização física e química da água (IPP 005)” no curso de PÓS-GRADUAÇÃO EM AQÜICULTURA E PESCA DO INSTITUTO DE PESCA, São Paulo- SP – Brasil. Carga horária: 60 horas. Professora de Japonês da Aliança Cultural Brasil Japão.

Leonardo Ferreira Faria

Psicólogo, Mestrando em Ciências Criminológicas-Forenses, Especialista em Neuropsicologia, Criminologia e Psicologia Jurídica. Psicólogo Criminal da IML - Instituto Médico Legal do Estado de Goiás. Coordenador Nacional do Curso de Pós-Graduação em Avaliação Psicológica, e de Perícia Criminal/Ciências Forenses do grupo DALMASS.  Professor na Academia da Polícia Militar do Estado de Goiás (Curso de Formação de Oficiais, Especialização em Altos Estudos em Segurança Pública e Curso de Negociador Policial). Professor de disciplinas, Supervisor de Estágio e Orientador de TCC do Curso de Pós-Graduação do IPEBJ-SP, PUC-GO, IPEBJ-SP, NEPNEURO-GO, Escola Superior de Magistratura do Estado de Goiás e Acadepol-Paraíba. Realiza consultoria em temas de Neurociência e Criminologia. Autor e escritor de artigos científicos e capítulos de livros, com temas em Neurociências e Criminologia. Membro sócio da Sociedade Brasileira de Neuropsicologia. Diretor Financeiro da Associação Brasileira de Psicologia Jurídica.  

Lucilene Aparecida Forcin Cazumbá

Fonoaudióloga com Mestrado em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília (2004). Servidora do Ministério Público de São Paulo, desde 1996, lotada no Núcleo de Computação e Fonoaudiologia Forense. Pós graduação em Perícia Criminal e Ciências Forenses, Áudio e Vídeo, Documentoscopia Forense (em curso). Membro do grupo de pesquisa: GEFF ? Grupo de Pesquisa em Fonética Forense da UNICAMP. Livros: Identificação de Falantes: Uma introdução à Fonoaudiologia Forense e Análise Fonético Forense em tarefa de comparação de locutor. 

Marisley Vilas Bôas Soares

Possui graduação em Psicologia pela Universidade de São Paulo (2000), mestrado em Medicina (Saúde na Comunidade) pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (2004) e doutorado em Enfermagem Psiquiátrica pela Universidade de São Paulo (2008). Atualmente é psicóloga - Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Jurídica. Como docente de graduação e pós-graduação, ministra disciplinas e orienta trabalhos de conclusão de curso nas áreas de psicologia organizacional, gestão de recursos humanos e psicologia jurídica. 

Pedro Alfredo Velazco Cruz

Psicólogo, Especialista en Diseño de Perfiles Criminológicos e Investigador de La Escena del Crimen. Investigación de casos, instructor y catedrático socio fundador da La Academia Mexicana de Investigadores Forenses. Director de La División de Criminología, Análisis Conductual Perfilación Criminal. Maestria en Investigación Criminal na Universidad de Occidentes Extesión Antonio Beristaín Ciudad de Guatemala. Esspecialidad en Diseño de Perfiles Psicológicos Ctiminológicos - Instituto de ESpecialidade de La Escuela Superior de Psicología. Formación Institucional:  Curso de Formación para peritos - Procuraduría de Justicia del Gobierno del Estado de Chihuahua. Licenciado en Psicología Escuela Superior de Psicología. Perito oficial desde abril del año 2005 en La Procuraduría de Justicia del Estado (Hoy Fiscalía General), asignado al área de criminalística de campo en La Investigación Forense de homicídios. Iniciador del Proyeto Perfiles Criminales en  el año 2008, Creador en el año 2010 y actual coordinador del Proyeto Unidad de Análisis de La Conducta Criminal en el Laboratório Forense de Ciudad Juárez en el año 2008 realiza de manera oficial el primer perfil criminal en un caso de homicidio.  Experiencia en casos de investigación de homicidios, violaciones en serie, homicidios sexuales y análisis del patrón de conducta en la escena del crimen. Designado como perito en las áreas de criminalística de campo, perfil criminal, análisis de la escena del crimen, victimologia y conexión de casos sexuales  (Análisis del modus operandi, firma en la conducta criminal y motivación de la conducta criminal). RECONOCIMIENTO DE ORGANIZACIÓN PROFESIONALES. 2011- presente    certificado como perfilador criminal por el colegio mexicano de ciencias forenses. 2011- presente   socio distinguido  del colegio de criminólogos y criminalista de Guatemala. 2012- presente   miembro de la sociedad de ciencias forenses en baja california. 2012- presente   miembro de la academia de perfilacion conductual de estados unidos. 2012- presente   miembro de la asociación internacional de criminólogos forenses. 2013- presente   socio fundador de la academia mexicana de investigadores forenses. TRABAJOS PUBLICADOS 2009  LIBRO PSICÓPATAS  “SEMILLAS DEL MAL”             LIBRO UNIVERSITARIO, EDITORIAL OTRA CARA, ESCUELA SUPERIOR DE  PSICOLOGÍA 2009  CO-AUTOR MANUAL DE PSICOLOGÍA CRIMINAL Y CRIMINALÍSTICA           LIBRO UNIVERSITARIO, EDITORIAL OTRA CARA, ESCUELA SUPERIOR DE PSICOLOGÍA 2010  LIBRO LA PSICOPATOLOGÍA DEL HOMICIDIO           LIBRO UNIVERSITARIO, EDITORIAL OTRA CARA, ESCUELA SUPERIOR DE PSICOLOGÍA 2010   ensayo “el psicólogo en la escena del crimen” (portal electrónico criminalística.com.mx) 2011   ensayo “narco psicopatologías” (portal electrónico criminalística.com.mx) 2011   ensayo “perfilador perfilado”  (portal electrónico criminalística.com.mx)  2011   ensayo “la conducta detrás del crimen” (portal electrónico criminalística.com.mx) 2011   ensayo “principio de compensación psicopatológica”    

Priscila Alcântara da Costa

Psicóloga Clínica e Forense.  Atuação em pesquisa, análise do discurso e detecção da mentira intervenção na investigação e perfilamento do comportamento no setor eclesiástico/religioso e com pessoas portadoras de Transtorno de Personalidade Psicopata e Orientadora em Medidas de Proteção e Prevenção. Especialista e orientadora em Dependência Química pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP. Especialista em Prevenção do Uso de Drogas pelo SENAD da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC .Especialista em Psicopatologia e Psicofarmacologia .Pós-graduanda especialista em Criminal Profiling – IPEBJ . Mestranda em Ciências Médicas . Pesquisadora na área de Transtornos de Personalidade e Comportamento Desviante .Orientadora e Produtora de material técnico em análise de fatores de riscos e fatores de proteção em saúde mental e dependência química.  Orientadora de líderes, voluntários, profissionais e gestores de comunidades terapêuticas pelo SENAD da Universidade do Estado de São Paulo – UNESP .Coordenadora Geral do programa de tratamento e prevenção em Dependência Química da Fraternidade Missionária O Caminho.  Graduanda em Filosofia e Teologia.

Raquel Barbosa Cintra

Residência médica em Medicina Legal pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP), especialista em Medicina Legal e Perícias Médicas pela Associação Médica Brasileira (AMB), Mestre em Bioética pelo Centro Universitário São Camilo, ex-médica legista do Estado de São Paulo (exonerada a pedido), Professora Colaboradora do Curso de Especialização em Medicina Legal e Perícia Médica da FMUSP, Professora de Anatomia Humana e Medicina Legal da Universidade de Mogi das Cruzes, Professora Coordenadora da Liga Acadêmica de Medicina Legal e Bioética da Faculdade de Medicina da Universidade de Mogi das Cruzes, sócia fundadora da empresa ZCF - Zerbini, Cintra e Fuzinato Perícias Médicas  

Rubens Correia Junior

Mestre em Ciências pela USP/Ribeirão Preto - Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto/ Centro Colaborador da OMS para o desenvolvimento de pesquisa em enfermagem. Área: Enfermagem Psiquiátrica. Linha de pesquisa: Promoção de saúde mental / Estudos sobre a conduta, a ética e a produção do saber em saúde. Possui graduação em Direito pela Universidade de Uberaba (2004). Especialista em Direito Penal e Processual Penal pela Universidade de Franca e especialista em CRIMINOLOGIA pela PUC/MINAS(2008/2009). Atualmente é professor de graduação nas áreas de Direito público com Ênfase em Penal e Constitucional. Professor de Criminologia e Homicidas em série, Criminologia, legislação penal especial, crimes tributários (dentre outras disciplinas) em pós-graduações pelo Brasil como PUC/BH, UNIT/SE, UNIUBE/MG, IPEBJ/SP. Coordenador e docente do IPEBJ/SP. Pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem, Saúde Global, Direito e Desenvolvimento GEPESADES/USP. Membro da comissão de Direitos Humanos da OAB/MG. 

Rui Mateus Joaquim

Pesquisador de Pós-Doutorado ( Bolsista CNPq ) do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Medicina Molecular ( INCT - MM ) da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Doutor em (Neuro) Ciências com ênfase pelo programa de Pós-Graduação do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo (USP) Bauru/SP. Mestre em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem pelo Programa de Pós-graduação da Faculdade de Ciências da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Bauru/SP. Especialista em Psicologia da Saúde, Práticas Clínicas e Hospitalares pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Bauru/SP. Graduado em Psicologia (Bacharelado e Formação de Psicólogo) pela Faculdade da Fundação Educacional Araçatuba (FEA) Editor Adjunto da Revista Debates em Psiquiatria, da Associação Brasileira de Psiquiatria. Membro do grupo de pesquisa Saúde Mental Baseado em Evidência (SAMBE). Atua como Psicólogo Clínico e Forense e Consultor Independente pela VIÉS - Neurociência Clínica e Forense. Docente em diversas instituições de Pós-Graduação Lato Sensu nas áreas de Neuropsicologia, Avaliação Psicológica e Psicologia Jurídica.

Sara Tamiris Cirilo Fernandes

Graduada em Psicologia pela Universidade de Ribeirão Preto (2013). Mestre em Ciências com ênfase em Psicobiologia pela Universidade de São Paulo (2016). Doutora em Ciências com ênfase em Psicobiologia pelo Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo e atualmente é docente do curso de Psicologia da Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP).

Tânia Konvalina

Estudou Psicologia e Aconselhamento Psicológico na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto e em 2000 completou a Pós-graduação em Ciências Forenses no Instituto de Medicina Legal do Porto. Deixou Portugal fixando-se em Londres onde fez o Mestrado em Psicoterapia Integrativa no Regent's College School of Psychotherapy and Counselling. Durante os oito anos que viveu no Reino Unido, trabalhou como psicoterapeuta (consultório privado) e como psicóloga clínica destacando-se o trabalho que realizou na comunidade terapêutica -Ashley Road Day Centre- um projecto da ONG Islington MIND onde trabalhou com doentes psiquiátricos crónicos. De regresso a Portugal em 2008, enveredou pelo ensino académico no Instituto Superior da Maia-ISMAI, onde lecciona como professora convidada na licenciatura em Criminologia, no Departamento de Ciências Sociais e do Comportamento. Sendo ainda responsável pelas unidades curriculares de Biopsicossociologia do Comportamento Desviante e de Perfis Psicológicos em Criminologia. É também investigadora na Unidade de Investigação em Criminologia e Ciências do Comportamento, da mesma instituição (UICCC/ISMAI). Tem desenvolvido as suas investigações, produção científica e docência nas áreas dos Comportamentos Desviantes, Análise Comportamental no Contexto Investigativo, Psicopatia e Psicodinâmicas do Crime Violento. É professora convidada do Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos (Brasil) leccionando na Pós-graduação em Profiling Criminal e Psicologia Investigativa. É ainda preletora em formações em eventos de instituições variadas como são o Instituto Português de Piscologia (Pós-graduação em Investigação Criminal e workshops) e o Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto(Mestrado em Medicina Legal). Em 2012 publicou os manuais académicos Introdução à Biopsicossociologia do Comportamento Desviante e Profiling Criminal: introdução à análise comportamental no contexto investigativo. Ainda em 2012 tornou-se membro da International Association of Forensic Criminologists Em 2013 fundou Profiling Criminal - Formação e Consultoria começando a trabalhar na área da Criminologia Forense, sob a orientação do Professor Doutor Brent E. Turvey. Actualmente encontra-se a fazer o Doutoramento em Criminologia e Investigação Socio-Legal, mais especificamente sobre os aspectos éticos e legais da avaliação da psicopatia no contexto forense, com o Departamento de Sociologia e de Criminologia da Universidade de Essex no Reino Unido. É também membro do Conselho Consultivo da APC-Associação Portuguesa de Criminologia. Coordenadora e docente do IPEBJ. Membro do FSI Brasil.

Thiago Luigi Follo Pereira

Pesquisador, escritor, instrutor e Perito Especialista em Análise Comportamental verbal e não verbal. Estando na primeira geração da temática comportamental/investigativa do Brasil (Não verbal e Verbal), foi Cofundador do Instituto IMELCO, pioneiro na análise científica comportamental. Colaborador e avaliador de trabalhos científicos e acadêmicos voltado para o Comportamento dissimulativo em entrevistas e interrogatórios. Possui anos de experiência em parcerias com órgãos de Segurança Pública Nacional, atuando como Consultor de Análises Investigativas com o DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa). Na parte preventiva Instrutor do GATE/PMESP e atua frequentemente como treinador para o COE, BOPE e outras instituições de Policia Civil e Militar. Auxiliar da Justiça: Atuou como consultor e parecerista de casos midiáticos, oportunizando a elucidação de fatos debatidos em juízo, aclarando os comportamentos incongruentes identificadores de omissões ou mentiras daquilo que foi declarado ou apurado, possibilitando contribuir para a correta aplicação da lei penal ao caso concreto, evidenciando a oportuna jurisprudência da matéria em seu mister. Autor do livro: “A Face e suas Emoções - Manual Prático sobre Emoções Universais e Micro Expressões Faciais”, publicado pela Editora Laços/SP, ISBN 978.85.8373.

Yeger Moreschi Telles

Graduado em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Mestrando em Psicologia Clínica pela PUCRS no grupo Relações Interpessoais e Violência. Especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental (IWP). Possui Formação em Terapia do Esquema com certificação ISST (Wainer). Especializando em Psicologia Jurídica (UNISINOS). Com estágio básico em psicopatologia no Hospital Psiquiátrico São Pedro (Unidade de Desintoxicação). Participou do Centro de Pesquisas em Álcool e Drogas - UFRGS, localizado no Hospital de Clínicas de Porto Alegre entre o período de 2016 a 2019, apoiando e realizando diversas pesquisas entre psicopatologias associadas a dependência química e o uso de álcool e outras drogas no trânsito. Participa atualmente do grupo de pesquisa Relações Interpessoais e Violência (RIVI) - PUCRS, onde realiza seu mestrado em Psicologia Clínica, e do grupo Pesquisa e Avaliação de Alterações da Cognição Social (PAACS) - UFSM como voluntário. Áreas de concentração em dependência química, transtorno de personalidade antissocial e psicopatia, comportamento violento e crime, e o tratamento da Terapia Cognitivo-Comportamental nesses fenômenos. Professor no curso de aperfeiçoamento em Terapias Cognitivo-Comportamentais (Wainer). Diretor da Clínica Yeger Telles: Psicologia e Saúde.

CARREGAR MAIS

Depoimentos

Enzo Ayumu Iwama
Criminal Profiling - Psicologia Investigativa | Linguística Forense | Grafoscopia - Grafotécnica | Dentre outros. . .

"Sou o Enzo Ayumu, faço a especialização em Criminal Profiling - Psicologia Investigativa, e os cursos Career: Linguística Forense e Grafoscopia. Além desses, fiz os cursos EAD em Introdução à Autópsia Psicológica, Técnicas Fundamentais para Local do Crime, Introdução à Criminologia Forense, Linguística Forense, Vitimologia, A Perícia, o Perito Judicial e o Assistente Técnico, e As Vítimas dos Serial Killers.  O IPEBJ/ FVM está me proporcionando os conhecimentos necessários para o alcance do meu objetivo: ser psicólogo investigativo e pesquisador forense. Quem sabe não me torne perito de laboratório futuramente. Desde o início fui muito bem recebido na instituição, inclusive consegui o Termo de Cooperação Pedagógica para o estágio na delegacia da Polícia Civil em Bom Jesus - PI por meio dela. E agradeço muitíssimo por estarem me amparando nessa caminhada profissional."

Marina Andreoli C. Teixeira
Criminal Profiling - Psicologia Investigativa | Psicologia Forense - Jurídica

"Já concluí dois cursos Lato Sensu no IPEBJ/FVM, o de Psicologia Jurídica e o de Criminal Profiling - Psicologia Investigativa. Com essas especializações foi possível enxergar que existe uma vasta atuação do psicólogo na área jurídica e não somente o que nos é passado na universidade. Uma área que ainda está em expansão e que agrega muito valor à outras ciências. A experiência de ser estudante no IPEBJ/FVM foi muito positiva e já estou me programando para mais um curso, o de Avaliação Psicológica."

Núbia Almeida
Criminal Profiling - Psicologia Investigativa

"A especialização do IPEBJ/FVM em Psicologia Investigativa Criminal – Criminal Profiling foi de extrema relevância em meu contexto profissional e pessoal, aprimorando minha atuação no meio empresarial em que estou inserida. A Formação é de altíssimo nível com metodologias específicas. Hoje me sinto muito mais habilitada e capacitada para atuar nas Investigações Corporativas, Auditorias, Sistemas de Governança e Compliance."

Patrícia Atanes de Jesus Bernardinelli
Criminal Profiling – Psicologia Investigativa

"Sou apaixonada por analisar comportamento, e desde quando iniciei minha carreira a área forense esteve em meus mais profundos desejos, adoro series como Criminal Minds e Mindhunter. E numa de minhas buscas de aperfeiçoamento e estudo, encontrei o IPEBJ/FVM, uma instituição séria, com colaboradores dedicados e prestativos e uma forma de tratar a educação e a área jurídica e forense com muita ética, competência e amor. Além de ter um quadro de professores da melhor e maior qualidade do Brasil e fora dele, referências em suas áreas de atuação, com carreiras consolidadas e muito abertos a disseminação de conhecimento científico e prático em todas as áreas forenses. Fazer o curso no IPEBJ/FVM me trouxe muito mais ímpeto em buscar a carreira forense, me despertou o amor pela perícia e o desejo ainda maior de fazer pesquisas que me levem ao entendimento da mente e comportamento criminal. Como docente de Ensino Superior tenho certeza que essa especialização me abrirá novas perspectivas e possibilidade dentro de conhecimentos pouco explorados na graduação em especial de psicologia. Hoje atuo em consultório particular atendendo adolescentes e adultos, além de casais e atuo com assistente técnica na Vara da Infância quando indicada pelo juiz ou solicitada por uma das partes."

Rubens Vieira Reis Neto
Criminal Profiling – Psicologia Investigativa

"Fui aluno no curso de Pós-Graduação em Criminal Profiling – Psicologia Investigativa, na FVM, o qual me proporcionou uma experiência muito importante. Um curso excelente, que forma profissionais diferenciados e proporciona grande conhecimento aos interessados no tema. Recomendo a todos."

 

Fotos

VII SIMPOCRIME
VII SIMPOCRIME
XII Simpósio Forense
XII Simpósio Forense
XI Simpósio Forense
XI Simpósio Forense
VI SIMPOCRIME
VI SIMPOCRIME
Psicologia Policial x Linguística Forense
Psicologia Policial x Linguística Foren...
Combate Forense: Balística Forense
Combate Forense: Balística Forense
Odontologia Legal x Antropologia Forense
Odontologia Legal x Antropologia Forense...
Ciências Forenses x Criminal Profiling
Ciências Forenses x Criminal Profiling
Ciências Forenses - Botânica Forense
Ciências Forenses - Botânica Forense
X Simpósio Forense
X Simpósio Forense
Ciências Forenses - Papiloscopia
Ciências Forenses - Papiloscopia
Fanáticos Forenses - São Paulo
Fanáticos Forenses - São Paulo
V SIMPOCRIME
V SIMPOCRIME
IX Simpósio Forense
IX Simpósio Forense
IV SIMPOCRIME
IV SIMPOCRIME