Referência Nacional na Área Forense
ATENDIMENTO

Linguística Forense

  • Local:Curso Online - EAD (Ensino a Distância)
  • Horário:Encontros Online Ao Vivo
  • Duração:6 Meses
  • Certificação: Foundation Certificate
  • Matrículas Abertas até:13/10/2021

SOBRE O CURSO

CURSO CARREIRA EM LINGUÍSTICA FORENSE

INÍCIO DAS AULAS:
Data: 18/10/2021
Local: Online e Ao Vivo

APRESENTAÇÃO
Nos anos 50 o linguista Michael Halliday desenvolveu a Linguística Sistêmico-Funcional ramo da Linguística que visa identificar os componentes funcionais do significado das línguas explicando as implicações comunicativas dentro de um sistema de escolhas de linguagem que não são motivadas arbitrariamente, embasando o desenvolvimento da Linguística Forense. 

A análise do padrão linguístico em textos e diálogos em muitas ocasiões pode ser imprescindível para a solução de uma demanda, seja para o perfilamento criminal de um suspeito em investigação criminal, como por exemplo o famoso caso UNABOMBER no qual o linguista Jim Fitzgerald colaborou com a ivestigação do caso pelo FBI, que se desenrolava há mais de 20 anos sem um suspeito concreto, ou ainda pela necessidade de avaliação em cartas atribuídas a suícidas, verificação da ocorrência de plágio em trabalhos acadêmicos, exame de chamadas de emergência, entre outros. 

Em tais situações, os tomadores de decisão confiarão o encargo a profissionais que saibam valorizar seus currículos com certificação de nível elevado, como a deste programa.

CERTIFICAÇÃO: 
O participante obterá um FVM - Carreira Foundation Certificate na área específica do programa concluído. O certificado deste programa pode ser incluído junto às informações profissionais em cadastros de auxiliares da Justiça nos tribunais brasileiros, para fins de nomeação judicial.

PRÉ-REQUISITO:
Este programa tem como pré-requisito a comprovação, pelo participante, de conclusão de curso superior de graduação, com diploma devidamente registrado junto ao MEC ou mediante comprovante de conclusão de curso de graduação emitido por instituição de ensino superior.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

DURAÇÃO: 6 meses
- Aulas: 24 encontros online e ao vivo. As aulas acontecem semanalmente às segundas-feiras das 19h às 22h.*
*O cronograma poderá sofrer alterações em casos de feriados prolongados (incluindo Natal e Ano Novo) e eventos acadêmicos da FVM.

CARGA HORÁRIA TOTAL: 
120 horas incluindo aulas online e ao vivo e estudos dirigidos.

O profissional certificado neste programa estará capacitado para atuar em demandas judiciais e extrajudiciais cujo deslinde dependa da compreensão de discursos e interações a fim de avaliar-lhe a autoria, delineando um perfil linguístico do investigado, com base nas mais avançadas técnicas forenses.

Todos os programas da modalidade Career contam com enfoque  de aquisição de competências direcionadas à aplicação prática de conhecimentos.

Para isso, estão abrangidos nesta modalidade de programa:
- Contextualização da área frente ao universo profissional;
- Procedimentos e protocolos;
- Legislações, regulamentações e normas técnicas aplicáveis à área;
- Conceitos e terminologia técnica da área;
- Instrumentos e métodos aplicáveis à área;
- Técnicas profissionais aplicáveis à área.

Especificamente, o programa Linguística Forense, objetiva o aprendizado principalmente nos seguintes tópicos:
- Introdução e história da linguística forense: compreensão da função, ética, casos históricos, entre outros tópicos.
- O trabalho do perito em linguística forense: abordagem internacional referente à profissão, incluindo tendências de regulamentação.
- Linguística aplicada à área forense: morfologia e fonética; complexidade sintática; ambiguidade lexico-gramatical, entre outros tópicos.
- Manuseio de evidências: procedimentos, coleta de evidências, cadeia de custódia, ferramentas tecnológicas aplicáveis, entre outros tópicos.
- Linguagem jurídica: aplicabilidade da linguística forense na interpretação de textos legais. - Testemunhas e suspeitos: coleta de depoimentos; falso testemunho e falsa confissão; identidades falsas na Internet; depoimentos obtidos por meios ilícitos, entre outros tópicos. -  Participantes leigos no processo judicial: vulneráveis, vítimas de abuso sexual, pessoas com transtornos mentais, entre outros tópicos.
- Apresentação introdutória de técnicas específicas em linguística forense: trademark linguistics; fonética forense; transcrição forense; textos consumeristas, entre outros tópicos.
- Análise de autoria: estilística forense; mensagens de texto e autoria; plágio, entre outros tópicos.

BENEFÍCIOS:
- Acesso à plataforma digital da FVM; 
- Acesso à curadoria de referências científicas e técnicas; 
- Download de materiais de aula; 
- Pontuação Forense Experience; 
- Certificado de Carreira na área específica FVM - Carreira Foundation Certificate concluído. 

OBJETIVOS DO CURSO

COMPETÊNCIAS-CHAVE
O profissional certificado neste programa estará capacitado para atuar em demandas judiciais e extrajudiciais cujo deslinde dependa da compreensão de discursos e interações a fim de avaliar-lhe a autoria, delineando um perfil linguístico do investigado, com base nas mais avançadas técnicas forenses. Linguagen como Evidência.

PERFIL PROFISSIONAL
O profissional certifcado em Perícia Forense Linguistica analisa discursos escritos e falados com relevância jurídica. São profissionais que, geralmente, se interessam por comunicação, leitura, estudo de línguagem, cultura e psicologia. Desta forma, seu perfil é de alguém perfeccionista, com sensibilidade a pormenores peculiares a cada aspecto da linguagem como sotaque, uso de palavras caracteristicas de uma determinada faixa etária, gírias, vocabulário, colocações, dentre outros elementos que constituem o discurso análisado.

Exemplos de atuação:
- Perícia judicial sob nomeação para exame forenses linguísticos
- Assistência técnica de partes processuais
- Consultoria empresarial e acadêmica.

Este programa tem como pré-requisito a comprovação, pelo participante, de conclusão de curso superior de graduação, com diploma devidamente registrado junto ao MEC ou mediante comprovante de conclusão de curso de graduação emitido por instituição de ensino superior.

*A FVM reserva-se no direito de não iniciar a turma caso o número mínimo de alunos não seja atingido. Neste caso, o valor da primeira parcela paga será devolvido integralmente.

VALOR

Condição de Pagamento:
Em 6 parcelas de R$ 397,00 no boleto ou em até 12X sem juros no cartão de crédito.

*Descontos por Condições de Pagamento:

À vista no boleto: 10% de desconto - R$ 2.143,80

COORDENADORES

Gustavo D'Andrea

Advogado. Doutor em Ciências Enfermagem Psiquiátrica, EERP-USP). Mestre em Ciências (Psicologia, FFCLRP-USP). Graduado em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade de Ribeirão Preto. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem, Saúde Global, Direito e Desenvolvimento (GEPESADES).

Tânia Mara Volpe Miele

Bacharel em Ciências Biológicas Modalidade Médica pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras Barão de Mauá com habilitação em Patologia Clínica e Análises Clínicas; Possui graduação em Direito pela Universidade de Ribeirão Preto, SP com habilitação em Direito Privado. Advogada, Biomédica, Especialista em Bioéitica pela Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil. Especialista em Ciências Forenses, Criminal Profiling, Bioética, Psicologia Jurídica, Criminologia e Direito Médico, Odontológico e da Saúde. Sócia Fundadora e Diretora Executiva do IPEBJ-  Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos. Idealizadora e Coordenadora do FSI Brasil - Forensic Sciences Investigation - Unidade Privada de Estudo, Pesquisa e Extensão Investigativa na área Forense e do Brazilian Journal of Forensic Sciences, Medical Law and Bioethics, Revista Científica Eletrônica - Editor Responsável: IPEBJ. Coordenadora Geral dos projetos de extensão e pós-graduação do IPEB.  Ex-Coordenadora da Comissão de Perícias Forenses da OAB/SP - Subsecção de Ribeirão Preto; Ex-Coordenadora da Comissão de Bioética, Biodireito e Biotecnologia da OAB/SP Subsecção de Ribeirão Preto; Ex-coordenadora da Comissão de Direito Médico e da Saúde da OAB/SP - Subsecção de Ribeirão Preto; Membro do Comitê de Ética em Pesquisa do Centro de Saúde Escola da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo FMRP-USP; Ex- Coordenadora da Comissão Jurídica da SBIOMAC - Sociedade Biomédica de Acupuntura; Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem, Saúde Global, Direito e Desenvolvimento GEPESADES/USP. Membro da World Association for Medical Law; Membro da Sociedade Brasileira de Bioética; Membro do IBCCRIM - Instituto Brasileiro de Ciências Criminais. Membro Fundador da Sociedade Brasileira de Antropologia Forense. 

PROFESSORES

Carolina Mazzaron de Castro

Gustavo D'Andrea

Advogado. Doutor em Ciências Enfermagem Psiquiátrica, EERP-USP). Mestre em Ciências (Psicologia, FFCLRP-USP). Graduado em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade de Ribeirão Preto. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem, Saúde Global, Direito e Desenvolvimento (GEPESADES).

Jacqueline Mila Tirotti

Bacharela em Direito pela Universidade do Distrito Federal - UDF (2012), experiência em Documentoscopia e Grafoscopia, atuante no Tribunal de Justiça do Distrito Federal - TJDFT e Tribunal Regional Federal - TRF 1ª Região desde 2013 e no Tribunal Regional do Trabalho - TRT desde 2017, Pós-graduada em Perícia Criminal & Ciências Forenses pelo Instituto de Pós-graduação & Graduação - IPOG em 2018, ministra aulas e palestras sobre Perícia Judicial, Documentoscopia e Grafoscopia.

Lucilene Aparecida Forcin Cazumbá

Fonoaudióloga com Mestrado em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília (2004). Servidora do Ministério Público de São Paulo, desde 1996, lotada no Núcleo de Computação e Fonoaudiologia Forense. Pós graduação em Perícia Criminal e Ciências Forenses, Áudio e Vídeo, Documentoscopia Forense (em curso). Membro do grupo de pesquisa: GEFF ? Grupo de Pesquisa em Fonética Forense da UNICAMP. Livros: Identificação de Falantes: Uma introdução à Fonoaudiologia Forense e Análise Fonético Forense em tarefa de comparação de locutor. 

Naiá Sadi Câmara

Mestre e doutora em  Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho ( UNESP).Atua como professora no ensino superior nas áreas de Leitura e Produção de textos, Línguística e Língua Portuguesa. Coordena um curso de graduação em Letras e dois cursos de especialização lato sensu multidisciplinar :a) Comunicação: linguagens midiáticas, b) Didática do ensino superior. Tem experiência em cursos de capacitação profissional para diferentes áreas, especialmente  na formação de professores - coordenou o programa de capacitação docente da secretaria do estado de São Paulo -Teia do Saber por vários anos.Atualmente,  dedica-se ao estudo dos processos de comunicação em diferentes aspectos, fundamentada principalmente, pela teoria semiótica.Possui graduação em Letras pela Faculdade de Ciências e Letras José Olympio Freiria (1985) , especialização em Metodologia do Ensino de Português pela Faculdades Claretianas (1995) , mestrado em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1998) , doutorado  (2003) e aperfeicoamento em Aperfeiçamento Em Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1993) . Atualmente é do Associação de Ensino de Ribeirão Preto, do Centro Universitário Barão de Mauá e Membro de corpo editorial da Revista do Centro Universitário Barão de Mauá. Tem experiência na área de Letras , com ênfase em Línguística. Atuando principalmente nos seguintes temas: IMAGINÁRIO CULTURAL - MEMÓRIA- GÊNESE.    

Virgínia Colares Soares Figueirêdo Alves - convidada

Virgínia Colares é mestre (1992) e doutora (1999) em Linguística pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Realizou estágio pós-doutoral em Direito, na Universidade de Brasília, em 2011. Desde 1989, é professora da Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), atuando na graduação, mestrado e doutorado em Direito. Tem experiência na área de Linguística Aplicada ao Direito, atua na linha de pesquisa da Análise Crítica do Discurso Jurídico, construída no âmbito do PPGD-UNICAP. Ministra disciplinas relativas à linguagem jurídica em diversas escolas de magistratura no país. Fundadora da Associação de Linguagem e Direito (ALIDI - www.alidi.com.br) criada no âmbito do Grupo de Pesquisa Linguagem e Direito (Plataforma Lattes CNPq), do qual é líder. è sócia fundadora da Associação Latinoamericana de Estudos do Discurso (ALED), desde 1995.

Welton Pereira e Silva

Linguista Forense. Estagiário de Pós-Doutorado na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Doutor em Letras Vernáculas: Língua Portuguesa (UFRJ), sendo bolsista do Programa de Excelência Acadêmica da Capes (PROEX-Capes). Mestre em Letras: Estudos Linguísticos (UFV), com bolsa Capes. Graduado em Letras: Português e Literatura (UFV). Licenciado em Português (Universidade de Coimbra - Portugal) por meio do Programa de Licenciaturas Internacionais da Capes (PLI). É membro pesquisador do laboratório CIAD-Rio - UFRJ e do grupo do CNPq FORPROLL - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Orientador de trabalhos de conclusão de curso no curso de Pedagogia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRIO/CEDERJ). Seus principais interesses de pesquisa incidem sobre a Argumentação, Teoria Semiolinguística do Discurso, Linguística Forense e Linguística de Texto

CARREGAR MAIS